Dicas de Moda para Gestantes

Postado por  //  26 de novembro de 2013  //  Acessórios de Moda  //  Nenhum Comentário

Se é você quem está grávida ou se você acompanha de pertinho a gestação de alguma mulher sabe que, cedo ou tarde, as roupas que a grávida tinha antes dessa fase especial não vão mais vestir no corpo e, portanto, as roupas deverão ter uma modelagem em função dessas novas curvas. Um erro muito comum cometido pelas futuras mamães, normalmente pelas de primeira viagem, é acreditar que roupas de números maiores bastam. Achar que roupas especiais para gestantes são um desperdício é um engano, pois esse tipo de roupa possui uma modelagem com funções que vão mais além de simplesmente cobrir o corpo.

Pelo fato da gravidez ser um estado passageiro, obviamente, gestante alguma necessita comprar um novo guarda-roupas, entretanto é preciso respeitar as mudanças do corpo vestindo se com conforto. Ao longo de uma gravidez é normal a barriga tardar um pouco mais para ser notada, contudo os seios rapidamente aumentam de tamanho, exigindo uma imediata atenção. O tamanho aumenta, a sensibilidade e a dor entram para a rotina dessa parte do corpo, ou seja, as lingeries precisam ser mais reforçadas, com alças largas e de uma mais segura sustentação.

Por volta do terceiro ou quarto mês, mesmo as grávidas de primeira viagem, logo começam a notar que a circunferência da cintura e da barriga não é mais o que era antes. Assim como os sutiãs, as calcinhas também precisam acompanhar a nova silhueta, também, as calças jeans, os shorts e as camisetas. As roupas da grávida são feitas de modo que sejam vestidas sem causar nenhum incômodo para o bebê.

Imagem de Amostra do You Tube

Antigamente as grávidas vestiam se com batas largas, sem modelagem alguma. Com a evolução do capitalismo e a segmentação do público consumidor, profissionais que trabalham no mercado da moda gestante passaram a conduzir as respectivas marcas segundo uma percepção já comprovada: a de que as grávidas apenas modificam o corpo, em outras palavras, o gosto por determinadas roupas e cores se mantém. Sendo assim, cada decote, por exemplo, é estudado detalhadamente a fim de acompanhar as mudanças dessa nova e passageira silhueta feminina.

A dica antes de tudo é sempre vestir a roupa antes de comprá-la. Apenas desse modo é que a gestante conseguirá notar o quanto essa modelagem específica faz a diferença para o conforto e a sustentação das novas medidas do corpo. A calça jeans, por exemplo, é uma peça de roupa consagrada entre os brasileiros e que com alguns ajustes pode sim permanecer no guarda-roupas da grávida. Normalmente, se coloca uma barra de elástico no lugar do botão e do zíper da calça, o que permite utilizar essa calça por muitos meses durante a gravidez, caso a futura mamãe não aumente muitos quilos.

Imagem de Amostra do You Tube

As grávidas as quais aumentam de peso de acordo com a média recomendada pelo seu respectivo médico, o que costuma ser entre nove a doze quilos, a numeração ou não muda ou aumenta apenas um número. Se antes era tamanho 40, será também 40 na moda gestante. Esse tipo de roupas costuma se adaptar ao corpo até o final da gestação, por meio de tecidos mais flexíveis e modelagens mais frouxas. Já no caso das grávidas as quais engordam muito além do esperado, essa medida comparativa do tamanho de uma mulher sem estar grávida comparado com o de uma grávida não funciona. Visto que somado ao alargamento do quadril, ao aumento do volume dos seios e da barriga, ela estará aumentando o volume nas outras partes do corpo também.

Ou seja, o guarda roupas essencial de uma grávida contém algumas peças específicas de moda gestante. Antes de citar quais são essas roupas, vale lembrar que comer por dois é um mito que não deve ser seguido. Alimentar se exageradamente não significa alimentar se bem, a dica é procurar um nutricionista para tirar todas as dúvidas sobre a alimentação nesse período especial. O sobrepeso além da média aumenta o cansaço do corpo, o colesterol, a pressão arterial e muitos outros problemas podem se desenvolver, prejudicando a saúde do bebê em formação. Agora, enfim, confira logo abaixo, sugestões de como montar um guarda roupas essencial para aproveitar a gravidez de maneira confortável e dentro da moda:

Compra Básica: Uma Calça Jeans Específica Para Gestantes

Dicas

Dicas

• Aposte em calças legging de cintura alta, ou seja, que você possa subir até a altura do umbigo. Escolha ao menos duas de cores escuras, uma preta e outra azul marinho por exemplo, pois é mais fácil de combinar com camisetas e camisas.

• Procure em lojas especializadas por um modelo de calça jeans para gestantes. É difícil para uma brasileira ficar longe desse tipo de tecido, portanto, para você não se estranhar muito com as mudanças do corpo, a dica é não mudar muito no vestuário. Uma sugestão alternativa às calças prontas, é comprar uma barra de, pelo menos, quinze centímetros de altura, de elástico e uma calça jeans que bem confortável para levar até uma costureira e fazer as adaptações necessárias.

• Uma camisa branca e outra preta. Essas são peças chave para qualquer mulher, inclusive as grávidas. Vale combinar com blusinhas de alça ou regatinhas por debaixo da camisa e, conforme a barriga for crescendo, a gestante vai deixando mais botões da camisa desabotoados. A dica é fazer um nózinho com as pontas da camisa para dar um charme a mais e combinar com saias longas ou calças pantalonas.

• Invista em vestidos de malha estampados ou mais sóbrios, esse tipo de roupa é um coringa para as gestantes. O ideal é que seja na altura, no máximo, dos joelhos para não ficar desconfortável para a gestante, pelo fato dela poder ter que se preocupar toda hora com o comprimento da roupa. Os vestidos longos, decotados ou não, talvez sejam o tipo de roupa que mais elegante uma grávida fica. Abuse dos acessórios, como lenços, echarpes, colares e tudo o que for leve, ou seja, sempre priorizando o conforto.

Mulheres Gravida

Mulheres Gravida

• Tenha calcinhas as quais dêem sustentação para a barriga. Essa é uma fase única e de cuidados não apenas com o bebê, mas também com o seu corpo. Em outra palavras, não vista calcinhas de tiras muito finas, pois elas deformam o seu corpo e não garantem o alivio que uma calcinha de cós mais alto pode proporcionar. A mesma atenção em relação à sustentação vale para os sutiãs.

• Por fim, não deixe de se vestir como você gosta, aposte em peças específicas para gestantes de cores básicas, para poder completar o visual com as cores e estampas de outras roupas que você já tem no seu armário. Busque se vestir com tecidos leves e roupas intimas que te ajudem a sustentar o peso da barriga. E, sempre, alimente se bem para curtir cada momento único dessa fase tão especial.

SUGESTAO DE FOTOS: http://entretenimento.r7.com/moda-e-beleza/fotos/com-barrigao-famosas-gravidas-esbanjam-elegancia-inspire-se-nos-looks-18102013#!/foto/5

Deixe um Comentário

comm comm comm