Alimentação para Quem Tem Gastrite

Postado por  //  16 de agosto de 2013  //  Beleza  //  Nenhum Comentário

Pessoas com gastrite sofrem um pouco mais com a acidez do estômago, podendo ter problemas de saúde sérios. Muitas sentem apenas azia, mas uma boa parte sente dores constantes e podem ser hospitalizadas com dores constante no estômago graves, chegando a chorar com a dor intensa e que não permite muitos movimentos sem incômodo. E como toda doença, uma boa alimentação é necessária, ainda mais para problemas nesta área.

.

O aumento da acidez e alimentação errada são os responsáveis pela maior parte dos sintomas. Por isso uma dieta equilibrada, com os alimentos corretos, é considerada o melhor para não apenas evitar a doença, como também melhorar a qualidade de vida.

O Que é Gastrite?

A gastrite é uma doença causada pela inflamação da mucosa do estômago causado pelo aumento do ph da acidez da região pelos sucos gástricos. Os principais indicativos da doença são dor no estômago, vontade de vomitar e bastante asia. Pode haver mal hálito também quando há uma acidez ainda avançando. E não é preciso muito para sentir tais sintomas, basta comer os alimentos não indicados ou um dia de estresse.

Gastrite

Gastrite

Existem dois tipos de gastrite: a crônica e a nervosa. A gastrite nervosa é causada por aumento da acidez estomacal por situações de estresse como doenças na família, uma rotina de trabalho estressante e problemas pessoais diversos. Já a gastrite crônica é mais controlável, pois é causada pelo aumento da acidez da região por alimentos ou naturalmente mesmo, do seu organismo.

Um dos alimentos mais receitados aos pacientes com gastrite crônica é o omeprazol. Este tem como capacidade reduzir a acidez do estômago e pode ser tomado eventualmente ou todos os dias em diversos casos. Geralmente funciona, mas nada como uma boa alimentação para reduzir qualquer problema com seu estômago.

A Dieta para a Gastrite

A regra básica é evitar qualquer alimento ácido, pois eles aumentam a acidez do estômago. Nesta lista, portanto, devem estar fora de sua alimentação:

frutas cítricas – limão, laranja e semelhantes, sejam elas em sucos ou comendo mesmo
refrigerantes de qualquer tipo (Fanta Uva também faz mal, mesmo que a crença popular não diga isso!)

  • bebidas alcoolicas
  • vinagre
  • cebolas, pois aumentam bastante o nível de ph do estômago
  • café
  • carne vermelha
  • pimenta e temperos igualmente fortes
  • alimentos congelados
  • polpas de frutas(os conservantes são ácidos)

Alguns alimentos são considerados benéficos para a gastrite porque possuem propriedades calmantes e anti inflamatórias, ajudando tanto a reduzir a inflamação na mucosa como diminuir a acidez. São boas dicas para estar em sua dieta o couve, a hortelã e o gengibre, tanto em chás como em sua refeição. O melhor ainda é usar como alimento os vegetais e frutas cruas em abundância, pois eles fornecem tanto nutrientes a mais como ajudam a controlar a acidez. Lembrando: nada de frutas cítricas, em especiais em dias de crise.

Alimentação para Quem Tem Gastrite

Alimentação para Quem Tem Gastrite

No tempero dos alimentos, o melhor seria usar qualquer erva ou tempero natural como erva doce, alho, endro, manjericão, coentro, sálvia, salsa, tomilho, gengibre, dentre outros. Estes são considerados temperos bons para o estômago.

Se você é um amante da laranja, coma apenas ou faça suco com a laranja lima. Ela é a variante da fruta que não tem acidez!

Chiclete Jamais!

Sim, é gostoso mascar chiclete, mas não faz bem ao seu estômago. O chiclete causa mal ao organismo, pois envia ao estômago a mensagem de que mais comida está indo, quando na verdade não está indo nada. O chiclete, contudo, tem o seu valor. Em pessoas sem gastrite, ele ajuda na digestão, pois envia a mensagem de alimento e faz o estômago digerir o alimento mais rápido. Isso é crucial para informar ao corpo uma asia por excesso de alimento e ajuda as pessoas a eliminar o excesso. Quando comem gordura demais, por exemplo, o chiclete é uma boa pedida.

Comendo Devagar para Controlar a Gastrite

Imagem de Amostra do You Tube
Um dos segredos para também controlar a gastrite é comer mais devagar. Se você envia para o estômago uma grande quantidade de alimento, há uma maior produção de suco gástrico, agredindo uma mucosa já inflamada. Comendo mais devagar você controla a quantidade de ácido no estômago de forma simples.

Jamais Deixe o Estômago Vazio se Você tem Gastrite

Se você tem gastrite, não pode deixar o estomago trabalhar com seus sucos gástricos sem alimento. Por isso é bacana pensar em um lanchinho a cada três horas. Não precisa ser nada pesado. Pode ser apenas uma fruta, uma barrinha de cereal ou um sanduiche leve. O importante é deixar o corpo trabalhando para digerir sempre.

As horas de intervalo entre as refeições também devem ser controladas. Deve-se ficar no máximo duas horas sem alimento e nada de comer de manhã e voltar à cozinha apenas a noite. O unico intervalo longo sem alimento no seu estômago com inflamação deve ser as horas de sono.

Imagem de Amostra do You Tube

O que Comer em uma crise de gastrite

Quando a dor está vindo, não adiante: a crise de gastrite já está na iminência. O que resta a fazer é controlar as coisas para evitar uma ida ao hospital. A melhor dica é evitar aimentos pesados, evitando seu estômago de produzir acidez e assim causar mais dores e incômodo. Parta para bolachas de água e sal apenas, um chá de erva doce ou ervas calmantes como camomila e com pouca açúcar ou adoçante. Fique com esta dieta ao menos o corpo se estabilizar.

Controlando a gastrite nervosa

A gastrite nervosa está relacionada inteiramente ao psicológico. O que fazer então? Ter calma apenas? Na verdade sim. O ideal seria buscar a causa dos problemas para assim poder não ter problemas futuros. Pode-se tentar uma prática esportiva, o yoga e quem sabe uma terapia se seu estresse é de um nível mais elevado. Vale tudo pela boa saúde.

Se a dor é constante, procure um gastro para avaliação médica para não partir para a auto medicação. Há casos em que a gastrite de fato pode evoluir tanto a se tornar um câncer.

.

Deixe um Comentário

comm comm comm