Tudo Sobre Dermatite de Contato

Postado por  //  8 de janeiro de 2014  //  Beleza  //  Nenhum Comentário

Uma das doenças de pele mais comuns entre os brasileiros e até mesmo no mundo é a dermatite de contato. É uma doença comum e com tantas causas que acaba confundindo bastante as pessoas.

O que é a Dermatite de Contato?

A dermatite de contato é uma doença de pele desencadeada quando o corpo entra em contato com algumas substâncias. Essa substância pode desencadear o problema por irritação direta pelo poder da substâncias, no caso do contato direto sem qualquer outra reação por seu poder ácido ou cáustico.

Pode surgir ainda por um item que entrou em contato com a pele e desencadeou a produção de anticorpos para se proteger dele. Neste caso, dizemos que é uma dermatite alérgica. Há ainda a dermatite fototóxica, com uma substância em contato com a pele e depois e depois sofreu exposição social, causando a reação. Um bom exemplo é o limão, que ao entrar em contato com os raios UVA e UVB causam reações.

Há ainda a dermatite fotoalérgica. Nesta, a substância entra em contato com a pele e, em contato com o sol, causa a produção de anticorpos para o corpo se proteger, havendo a reação. Todos os tipos são considerados comuns e com alta frequência de incidentes no Brasil.

Imagem de Amostra do You Tube

Dermatite de Contato não é Contagiosa

Ao contrário do que as pessoas pensam, ter alergias deste tipo e tocar em outras pessoas não oferece qualquer riscos. Nenhuma pessoa com dermatite de contato pode passar o problema à outra.

Cada pessoa tem uma predisposição para alergias à determinadas substâncias ou se entrar em contato com um ácido muito forte. Mas nenhum caso, não dá para passar este problema para outra pessoa apenas pelo toque.

Os Sintomas da Dermatite de Contato

O primeiro sintoma de tal alergia é uma coceira, podendo ser intensa ou não. Este é o sintoma mais comum e mais clássico e pode durar alguns dias. Caso o corpo consiga resolver o problema com seus anticorpos sozinho, a coceira será o único sintoma.

Os outros sintomas mais comuns são a formação de bolhas com líquido dentro, com aspecto semelhante à uma queimadura. Quando se está encontrando em uma fase mais grave do problema, podem sumir as bolhas e começar uma descamação na pele, também um sintoma comum e clássico.

Imagem de Amostra do You Tube

Na fase crônica, quando a dermatite de contato já é considerada grave, podem surgir crostas de coceira e uma descamação mais intensa, formando-se feridas e uma alta sensibilidade da pele, com leve dor e ardência no local devido à descamação.

O Histórico Pode Indicar se Você tem Dermatite de Contato

A forma mais simples de fazer para saber se você tem dermatite de contato, é observando seu comportamento no dia a dia. Se toda vez que você usa uma blusa de lã e sempre tem coceira, é sinal de que pode haver uma alergia ao produto.

É possível, portanto, saber de forma simples se você tem o problema. Basta observar quando acontece a coceira, se usando determinados produtos. Os sinais são simples e bem importantes para os médicos avaliarem qual a causa da coceira e manchas vermelhas na pele se não há causa aparente.

Qual a Diferença de uma Dermatite de Contato e Uma Alergia?

A dermatite de contato alérgica e uma alergia comum, são a mesma coisa. Mas os demais tipos de dermatites, como as que necessitam de anticorpos, são diferentes e precisam ser tratadas de forma diferente.

Como Saber se Você Tem Dermatite de Contato?

Dermatite

Dermatite

Além dos sintomas comuns facilmente observáveis, a consulta em um dermatologista pode ajudar muito. Mas pode-se ser feito um teste alérgico com a análise de algumas substâncias, com a ajuda de amostras manipuladas por um dermatologista e observação da pele. Muitas alergias graves são diagnosticadas desta forma e evitam alguns acidentes.

Como Tratar a Dermatite de Contato

O primeiro passo é saber qual a fonte da dermatite e evitar o contato com a substância ou produto direto. Se você já notou manchas e coceira na pele ou usar uma determinada blusa, separe-a e observe sua composição, para evitar o contato posterior e voltar a ter a inflamação na pele.

O uso de cremes tópicos com hidratantes são indicados para diminuir a inflamação da pele e livrar-se da coceira. Também ajudam a renovar as camadas da pele obstruídas, mas sempre afastando-se da fonte da dermatite para os produtos fazerem efeito.

O uso de cremes com corticoides podem ser indicados quando há inflamações e infecções por fungos ou bactérias. Mas esses medicamentos devem ser indicados apenas por médicos e não são vendidos e nem devem ser usados sem indicação médica e um receituário.

Já nos casos mais graves, pode ser preciso medicamentos mais fortes de via oral e até de injeções se a infecção ficar mais grave de medicamento imuno moduladores. Pode-se chegar a este estado se for ignorada a inflamação e continuar coçando a pele e com contato que a substância, agravando o quadro.

Se não tratada devidamente, a dermatite de contato pode se espalhar por todo o corpo, e apenas remédios tópicos ou suspender o uso de itens que desencadearam o problema não vai resolver. Para tais casos, uma visita a um dermatologista é o mais indicado.

Dá Para Tratar a Dermatite Tópica em Casa?

O Que é

O Que é

Sim, se for apenas em um ponto do corpo e você souber a casa. Suspendendo o uso do item que causa a inflamação, sua pele deve não ter mais a inflamação cutânea.

A Dermatite de Contato tem Cura?

Na maior parte dos casos, não. Se há uma alergia a uma substância, pode-se voltar a ter o problema ao longo do tempo. Pode sim curar a alergia, mas são casos mais raros.

Substâncias que Causam Dermatite de Contato

Depende de organismo para organismo, mas são diversas: como metais, tecidos, ácidos, bases, cremes e até perfumes de plantas. O organismo pode ser bem intolerante a uma substância em especial, que varia de pessoa para pessoa.

Deixe um Comentário

comm comm comm