Alisamento para Cabelos Crespos e Ondulados

Postado por  //  5 de maio de 2014  //  Cabelo  //  Nenhum Comentário

O cabelo liso ainda é uma das preferências de visual das brasileiras e mesmo que os fios crespos e ondulados estejam em alta a busca por alisamentos ainda é grande. Porém, cada tipo de cabelo precisa de um alisamento que atenda especificamente as necessidades dos seus fios.

Imagem de Amostra do You Tube

A seguir vamos te ajudar a esclarecer as suas principais dúvidas a respeito de alisamento para fios crespos e ondulados. Lembre-se que além do resultado de um fio liso é importante que o procedimento não interfira na saúde das suas madeixas.

Relaxamento Químico

Um procedimentos mais procurados por quem têm madeixas crespas ou onduladas é feito com base de hidróxido de sódio ou tioglicolato de amônia. Como essas substâncias são muito fortes e podem danificar os fios é necessário que a aplicação seja feita com cuidado e por um profissional preparado.

Quando se passa por um relaxamento químico é indicado que não se penteie o cabelo pelo menos durantes os três dias seguintes. O processo do relaxamento é igual ao do alisamento químico, são usados os mesmo produtos. A diferença está no tempo de ação, ou seja, o tempo em que os ativos agem nas madeixas.

Resultados

O resultado final do relaxamento químico depende bastante do seu tipo de cabelo, pois no fio que é apenas ondulado ele pode conseguir um efeito liso, mas para um cabelo que é crespo conseguirá apenas reduzir um pouco do volume e soltar os cachos, porém, não deixando liso. É um procedimento menos agressivo para as suas madeixas e oferece um visual mais natural para o seu cabelo.

Frequência

O retoque do relaxamento deve ser feito a cada 45 ou 60 dias e é realizado somente na raiz dos fios para evitar que haja danos desnecessários no cabelo. Quem tem as madeixas tingidas ou descoloridas deve evitar essa química do relaxamento.

Cuidados

Com a fiscalização mais efetiva da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) os produtos utilizados e os procedimentos de relaxamento estão menos agressivos e mais seguros, mas ainda é importante ter alguns cuidados, confira abaixo.

  • Tempo de Aplicação – Fique de olho no relógio para que o produto não fique tempo demais.
  • Frequência – Aguente firme o tempo entre as reaplicações que giram entre 3 e 6 meses.
  • Outros Procedimentos – Evite fazer alisamento se o seu cabelo já tem outras químicas como, por exemplo, tintura. Muitas vezes as químicas não se dão bem entre si o que pode gerar entre outros problemas queda capilar.
  • Mecha Teste – Para ter certeza que você não é alérgica aos produtos e que seu cabelo aguenta a química que será aplicada exija que o profissional do salão faça uma mecha de teste antes de começar a aplicação. Muitas vezes somos alérgicos a substâncias que nem sequer imaginamos.
  • Cuide dos Fios – Tenha o hábito de pelo menos uma vez por semana dar banhos de creme hidratante nas suas madeixas, use produtos que sejam específicos para cuidados pós-química.

Escova Progressiva

Se o seu desejo é deixar o seu cabelo verdadeiramente liso, mesmo que isso signifique um visual não tão natural a dica é fazer uma escova progressiva. Essa técnica de alisamento não deve ser feita nos fios muito crespos ou em madeixas que foram descoloridas.

Quem fez relaxamento ou permanente a pouco tempo também deve evitar. Basicamente podemos dizer que os fios aptos a passar pela escova progressiva são aqueles que não passaram por nenhum tipo de química nos últimos seis meses. Como se trata de uma química muito agressiva é importante fazer o teste de mecha antes de fazer o procedimento.

Como é Feita a Escova Progressiva

Depois de ter certeza que o seu cabelo resiste ao procedimento e que você não tem alergia a nenhum dos componentes é possível começar o alisamento. Para isso as madeixas são lavadas e com os fios ainda úmidos é feita a aplicação de cremes que tem como base queratina e colágeno.

Isso faz com que as escamas de proteção dos fios sejam abertas de forma que os ativos podem penetrar nas estruturas do cabelo fazendo o alisamento. Após fazer esse alisamento não pode lavar o cabelo, prender ou fazer babyliss/chapinha por três dias para evitar que eles sejam marcados ou mesmo que acabem sendo rompidos.

Hidratação

Depois de passados esses três dias é necessário retornar ao salão para fazer uma hidratação completa de forma os fios fiquem saudáveis.

Resultados

Após passar por todos os passos o cabelo fica completamente liso, a aparência é como aquela logo após secar e pentear as madeixas.

Dicas de Escovas Progressivas Para Efeito Natural

Escova Inteligente

Um alisamento que é feito com base de óleo de argan, lanolina e queratina. Uma das principais vantagens desse procedimento é que ele pode ser feito em cabelos que foram tonalizados. Porém, como sempre indicamos faça o teste de mecha para ver seu o cabelo aguenta. O resultado dessa escova é um cabelo mais volume reduzido, mas não completamente liso. Procedimento encontrado a partir de R$ 300,00.

Escovas de Açúcar, Morango e Chocolate

Todas essas escovas com nomes de doces e frutas têm como principal agente o formol que quando usado na dosagem correta (0,2% da composição no máximo) não faz mal a saúde. As frutas e doces incluídos oferecem as propriedades de hidratação da fórmula, o valor encontrado a partir de R$ 300,00.

Dicas de Escovas Progressivas Para Efeito Chapado

Escova Americana

Um dos melhores alisamentos para quem tem cabelo crespo e quer deixar as madeixas chapadas é a escova americana. Essa química é feita com substâncias como a hidróxido de guanidina que atua reduzindo o volume. Em geral esse procedimento é encontrado a partir de R$ 500,00.

Hot Brush

Outro procedimento que ajuda e muito a alisar bem as madeixas crespas, a base dessa química é o tioglicolato de amônia. Esse alisante potente atua diretamente na mudança da estrutura do cabelo, mas atenção que não é indicado para cabelos que estejam com tons muito claros. Uma química que alisa fios ondulados e crespos também, encontrado a partir de R$ 451,00.

Cuidados Pós-Química

Independente do tipo de alisamento que você realizar nos seus fios é importante estar pronta para cuidar bem das madeixas. O cabelo que passa por esse tipo de processo acaba ficando mais fraco e suscetível a complicações. Uma forma de contornar essa fragilidade das madeixas é contar com produtos como shampoos que tenham em sua composição proteínas, hidratantes com queratina entre outros.

Deixe um Comentário

comm comm comm