Como Funciona a Reconstrução Capilar

Postado por  //  6 de junho de 2014  //  Cabelo  //  Nenhum Comentário

Sabia que se cabelo está exposto a constantes agressões? Além de escova progressiva, tintura os fios são atacados pela poluição, pelo secador, chapinha, raios solares enfim por fatores sobre os quais temos e sobre os quais não temos controle. Após passarem por tantas dificuldades é natural que os fios se tornem quebradiços e tenham uma aparência opaca e sem vida.

Imagem de Amostra do You Tube

Se o seu cabelo está gritando por socorro a melhor coisa a fazer pode ser uma reconstrução capilar. Esse tratamento é utilizado para tratar os fios que estão danificados e ainda ajudar a prevenir danos ainda mais profundos nas madeixas. Saiba como funciona a reconstrução capilar e dê nova vida para o seu cabelo.

Quando Fazer Reconstrução Capilar?

O procedimento de reconstrução capilar pode ser feito em todos os tipos de cabelos, desde aqueles que estão danificados pela química até os virgens. O que realmente importa para definir que é necessário ou não a reconstrução é o diagnóstico das madeixas. Consulte um cabeleireiro de confiança, ele é que vai determinar se é necessário e quantas aplicações deverão ser feitas.

Cabelos Virgens (Saudáveis)

Quando a reconstrução capilar é feita num cabelo que não está tão debilitado e que é virgem é importante ter um intervalo maior entre uma aplicação e outra. Nesse caso a reconstrução é feita para garantir que o cabelo que ainda está saudável permaneça assim mesmo estando exposto a agressões contínuas como poluição e raios de sol.

Cabelos Quimicamente Tratados

Quando o cabelo passa por qualquer tipo de química é inevitável que perca proteínas, lipídios e aminoácidos entre outros nutrientes uma vez que esse tipo de procedimento em geral altera a estrutura dos fios. Nesse tipo de fio a frequência das aplicações irá depender do tipo e da intensidade dos danos existentes nas madeixas.

A quantidade de aplicações bem como os intervalos variam de duas vezes por semana a uma vez a cada 15 dias. Pode ser ainda que seja necessária apenas uma aplicação por mês, o mais comum para cabelos saudáveis e virgens.

Características de Cabelos que Precisam de Reconstrução Capilar

Dentre as principais características dos cabelos que necessitam de reconstrução estão fios opacos, ressecados, quebradiços, ásperos e que embaraçam com facilidade. Entretanto não basta observar isso para decidir o tratamento, o especialista irá observar que tipo de dano é mais proeminente tendo esse uma solução específica, ou seja, o emprego de um reconstrutor específico. Lembramos que somente usar o secador ou tomar banho de sol com frequência já tornam os fios candidatos de uma reconstrução capilar.

Benefícios da Reconstrução Capilar

Assim que o tratamento de reconstrução capilar começa a ser feito já é possível observar diferença na sua textura que melhora ligeiramente. O papel dessa reconstrução é o de repor aminoácidos, proteínas e minerais que ajudam a dar mais resistência e força para as madeixas o que diminui a quebra com o passar do tempo.

Além disso, esse tipo de tratamento recupera os fios através da hidratação intensa das madeixas. Os produtos de recuperação em geral têm hidratantes e agentes condicionantes que fazem o tratamento das camadas mais externas dos fios melhorando assim a sua aparência conferindo mais brilho e maciez.

Alertamos que para observar resultados realmente positivos de recuperação é necessário uma certa quantidade de aplicações e também que sejam feitos alguns cuidados de manutenção em casa. Além disso, fique atenta para utilizar produtos que façam parte da mesma linha daquela utilizada para a reconstrução, pois assim você estará dando para as madeixas os mesmos reconstrutores do salão.

Melhor Época do Ano

Uma época que merece um tratamento e cuidado mais intenso com as madeixas é o pré-verão, pois assim é possível preparar o seu cabelo para a temporada de piscina e praia. Entretanto quanto mais você cuidar do seu cabelo melhor será, seja inverno ou verão. Além disso, lembramos que todos os tipos de cabelo precisam ser tratados sem exceção durante todo o ano. O que muda de um tipo de cabelo para outro são as necessidades de cada um, ou seja, o que cada necessita.

Combinação de Tratamentos – Quando é Necessário

Dependendo do estado em que o seu cabelo se encontra pode ser necessário realizar mais de um procedimento de tratamento, ou seja, a reconstrução capilar e mais algum tratamento intensivo. Quem irá determinar a necessidade disso é o seu cabeleireiro, por isso é importante encontrar um bom profissional de sua confiança. Alguns tratamentos de reconstrução já oferecem todos os nutrientes necessários o que faz com que não seja necessário mais nenhum procedimento.

Tratamento Preventivo

Quem deseja realizar procedimentos químicos nas madeixas deve ter um cuidado mais do que especial com os fios e pode ter na reconstrução capilar um tratamento preventivo. O cabelo saudável tem resultados otimizados e apresenta mais durabilidade dos procedimentos químicos.

Um exemplo de como pode ser positivo realizar a reconstrução capilar antes de uma química é realizá-la antes de um alisamento, pois o sucesso do procedimento é potencializado e tem menos chances que ele cause danos graves para as madeixas. A reconstrução pode funcionar como tratamento preventivo também em casos de mechas, luzes e outros que utilizem pó descolorante.

Como é Feita a Reconstrução Capilar

A primeira coisa que se deve destacar é a necessidade de que procedimentos como reconstrução capilar sejam feitos por profissionais. Em geral o processo começa com o cabelo sendo devidamente lavado com o uso de linhas de produtos de limpeza profunda para que as escamas das madeixas sejam abertas.

O passo seguinte é o cabelo receber uma máscara de hidratação profunda feita a base de aminoácidos, proteínas ou colágeno. Depois disso as madeixas são lavadas de novo e sobre elas é aplicado um selador que faz com que as escamas se fechem. A recuperação da parte externa dos fios é feita através da aplicação de queratina pura que pode estar sob a forma de gel ou líquida.

Para que a substância se fixe nas madeixas é utilizada uma fonte de calor nos fios, assim o processo de reconstrução capilar é finalizado. O procedimento deverá ser repetido quantas vezes forem necessárias e com o intervalo determinado pelo especialista.

Deixe um Comentário

comm comm comm