Manutenção de Apliques de Cabelos

Postado por  //  25 de janeiro de 2015  //  Cabelo  //  Nenhum Comentário

O sonho de muitas mulheres é ter o cabelo comprido e com bastante volume, porém, esse desejo nem sempre é possível para todas naturalmente. Em busca de ter as madeixas dos sonhos muitas mulheres recorrem ao uso de alongamentos ou extensão capilar. Contudo, nem sempre essas técnicas dão o resultado esperado e exigem uma série de cuidados de manutenção que muitas vezes são desconhecidos para grande parte das mulheres.

Imagem de Amostra do You Tube

Importância da Manutenção do Aplique de Cabelo

Fazer a correta manutenção dos apliques de cabelo é importante porque a falta de cuidados pode resultar em problemas bem sérios como alopecia traumática que acarreta em falhas no cabelo além de poder fazer com que a mulher fique careca sem possibilidade de reversão.

O problema surge porque o cabelo é bastante puxado de maneira que causa uma inflamação no folículo capilar bem como faz com que os fios deixem de crescer. Em geral isso se dá pelo uso constante de cabelos presos ou trançados. Na maior parte dos casos a parte da frente da cabeça é a que mais padece da queda de cabelo já que é a região em que nascem menos fios por folículos. Essa área ainda é a que fica mais exposta a poluição, doenças do couro cabeludo entre outros fatores.

Período de Manutenção

O principal cuidado é respeitar o período indicado pelos cabeleireiros para fazer a manutenção do alongamento que é em média de dois a três meses entre cada aplicação. Além disso, é importante deixar o cabelo respirar entre uma aplicação e outra por pelo menos três meses do ano, ou seja, sem fazer nenhuma extensão. Quando não se faz isso pode ser que o fio amarrado se desgaste e acabe quebrando.

Cabelo Saudável

Outro ponto importante é saber se o tipo de cabelo é indicado para o uso de alongamento. Os fios que são muito finos, fracos, que estão quebradiços ou que tem muita química podem não resistir ao procedimento já que o peso das mechas que são aplicadas torna mais favorável a queda. Se o seu cabelo não apresenta nenhuma desses problemas você pode começar a pensar em qual técnica de alongamento irá usar.

Técnica Com Cola de Queratina

Uma das técnicas mais utilizadas para fazer o aplique é aquela que usa cola de queratina para dar a liga entre os cabelos naturais e aqueles da extensão. Trata-se de um método bastante delicado e que pode trazer vários problemas caso o profissional não saiba exatamente o que está fazendo. O problema mais comum é o cabelo da raiz cair no momento de retirada da cola.

Nesse tipo de aplique o mais indicado é que a extensão seja retirada e recolocada a cada dois meses. Quanto mais tempo a cola de queratina fica no cabelo mais dura ela fica e assim será necessário que o cabeleireiro faça mais pressão para removê-la.

Técnica do Ponto Americano

A técnica que recebe o nome de ponto americano é aquela em que se faz um tipo de costura das mechas sendo que umas ficam ao lado das outras juntamente com a base de tela que é colocada em algumas áreas da cabeça. Para evitar que a tela apareça é indicado que a técnica seja feita em pessoas com cabelos com mais volume e que estejam na altura dos ombros.

Pelo fato de que o cabelo fica trançado por baixo da tela a cabeça fica demasiadamente úmida o que pode causar mofo no caso de não ser feita a correta manutenção. A principal dica é sempre secar bem as madeixas para evitar que fique no cabelo resíduos de creme. Jamais durma com o cabelo molhado.

Técnica do Entrelaçamento e Técnica Fio a Fio

Essas duas técnicas são feitas normalmente em cabelos afro e os dois métodos consistem em amarrar o fio a extensão usando um fio elástico que tenha um tom diferente do tom do cabelo para que o profissional possa visualizá-lo no momento de remover as mechas. Como essa técnica traciona demais os fios não deve ser feita na parte da frente da cabeça.

O cuidado essencial nesse caso é com a amarração e com o uso da força para apertar o elástico. Se o profissional amarrar muito forte o couro cabeludo pode ficar inflamado e assim a pessoa passar a desenvolver feriadas na cabeça. Um sinal de que a amarração foi exagerada é sentir dor depois de ser colocada a extensão.

Orçamento de Manutenção

Independente de qual técnica de alongamento você escolha é importante fazer um bom planejamento financeiro para poder investir nos cuidados e na manutenção. O aplique é um procedimento que é caro e que precisa de manutenção constante em especial se for necessário comprar cabelos novos.

Compra de Cabelo

A compra do cabelo exige alguns cuidados como saber observar se as madeixas estão em boas condições de higiene e se não estão com um visual enganoso criado por camadas de silicone. A dica nesse caso é desconfiar de preços muito baixos, pois cabelo de qualidade custa caro sempre.

Pense Bem

Antes de ir ao salão para escolher a sua técnica de alongamento é importante pensar bem se é isso mesmo que você quer. Saiba que não é necessário usar uma extensão definitiva uma vez que existem opções que podem ser simplesmente colocadas no cabelo como aqueles apliques que podem ser presos com tic-tacs.

Como já dissemos acima a extensão de cabelo, através de qualquer técnica, é um procedimento caro e que exige manutenção constante de maneira que você precisa ter um bom orçamento para cuidar do seu cabelo. Se for optar pelos apliques que podem ser retirados procure por opções com cabelos naturais e que tenham o mesmo tom do seu cabelo para evitar que destoem.

Cabelo artificial pode ser uma grande perdição para o seu visual, pois cria um visual de cabelo de boneca que não fica legal. Pesquisar na hora de escolher o melhor aplique é fundamental para ter um visual sempre natural e cheio de vida.

Deixe um Comentário

comm comm comm