Dificuldade para Engravidar

Postado por  //  27 de julho de 2014  //  Casamento  //  Nenhum Comentário

Uma das principais preocupações de muitos casais é prevenir uma gravidez indesejada, porém, alguns jovens casais em idade reprodutiva têm exatamente a dificuldade contrária, ou seja, a de engravidar. Cerca de 15% da população que está na fase plena reprodutiva enfrenta dificuldades para gerar um filho.

Existem várias possibilidades para justificar as dificuldades para engravidar como no caso do homem, por exemplo, o calor local, tratamento de um câncer e varicocele entre outras. No caso das mulheres os principais problemas que se apresentam são a idade e a ovulação irregular.

Imagem de Amostra do You Tube

Ainda tem fatores como uso de medicamentos, problemas anatômicos, saúde e até DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) entre outros. Leia abaixo como esses fatores podem ser empecilhos para uma gestação plena e saudável e dicas para evitar essas dificuldades.

Calor Pode Prejudicar os Espermatozóides

Por mais curioso que possa parecer o calor é um fator bastante complicado para quem deseja ter um filho. As enzimas que são responsáveis pela produção de espermatozóides tem grande sensibilidade ao calor. Dessa forma homens que tem o hábito de frequentar saunas, ficam sentados muito tempo no dia a dia de trabalho, permanecem perto do fogão quente, usam calças apertadas ou vivem qualquer outra situação que esquente muito os testículos podem ter dificuldade em fazer a sua parte na reprodução.

A alta temperatura danifica os espermatozóides e a solução para esse problema é evitar que o local esquente. Tente levantar mais vezes da sua cadeira, ande até o banheiro, até a máquina de café, a mesa de um colega enfim se movimente. Prefira cuecas e calças confortáveis para que os espermatozóides tenham mais qualidade para a concepção.

Momento Certo

Obviamente a vida sexual do casal não pode ser engessada em busca apenas de um bom momento para conceber um bebê, mas é importante saber qual é o período fértil da mulher. Em geral as mulheres ovulam 14 dias antes de menstruar, os especialistas recomendam que casais que desejam engravidar façam sexo pelo menos em dias alternados a partir da ovulação durante 5 dias.

Medicamentos

Um fator que pode estar atrapalhando a concepção é o uso de alguns medicamentos que influenciam a fertilidade. Pesquisas descobriram que homens que tomam medicamentos contra úlcera ou para o coração têm menos espermas. Outros medicamentos como alguns destinados a tratar a pressão também pode efetuar a ejaculação bem como a mobilidade e o potencial do espermatozóide chegar ao óvulo.

Alguns medicamentos antibióticos, bastante utilizados para tratar infecções urinárias, podem inibir a produção de espermatozóides. No caso das mulheres é possível que o uso exagerado de descongestionantes prejudique a concepção por secar o muco cervical que atrapalha então a fertilidade.

Problemas Anatômicos

Para que a concepção aconteça é necessário que o caminho esteja livre para que haja o encontro entre os espermatozóides e o óvulo. Mulheres podem apresentar problemas anatômicos como miomas uterinos ou pólipos além de problemas com algum órgão ou endometriose. Já no caso dos homens pode faltar o ducto deferente que é o responsável por conduzir o espermatozóide do testículo para o meio externo tornando mais difícil que o encontro aconteça.

Ovulação Irregular

Se a ovulação da mulher é irregular será mais difícil determinar qual é o seu período fértil. Em geral a média do ciclo menstrual é de 28 dias, mas os médicos consideram normais também ciclos entre 23 e 35 dias. A ovulação acontece mais ou menos 14 dias antes do primeiro dia da menstruação.

No caso de a ovulação acontecer em períodos improváveis e com isso o óvulo se mover das trompas de falópio em direção ao útero numa data inesperada se diz que essa mulher possui ovulação irregular. São muitas as condições que podem causar ovulação irregular como desequilíbrio hormonal, síndrome dos ovários policísticos, proximidade com a menopausa entre outras.

Consulte um ginecologista com frequência para garantir que se algo anormal estiver acontecendo possa ser corretamente tratado.

Varicocele

A varicocele é uma doença que atinge somente os homens e é um dos principais problemas que gera a infertilidade. Trata-se de uma doença que vitima cerca de 15% dos homens e que pode ter o seu diagnóstico feito a partir de exames clínicos e ultra-som.

A enfermidade consiste no aparecimento de varizes ao redor do testículo de forma que pode vir a causar problemas de fertilidade. Para verificar se a doença está atrapalhando o casal é necessário fazer um espermograma.

Tratamento Para Câncer

O câncer testicular em si não causa problemas de fertilidade, entretanto, o seu tratamento pode trazer dificuldades. Essa doença atinge homens na faixa etária entre 15 e 45 anos e o problema de fertilidade pode ser causado pelo tratamento da mesma.

Estilo de Vida

Quem deseja ter filho e está tendo dificuldade deve fazer uma pequena análise do seu estilo de vida, pois o uso intenso de álcool e tabaco pode ser o grande vilão dessa história. Essas substâncias podem afetar a produção de espermatozóides de forma a trazer dificuldades para os futuros papais.

A dica dos especialistas é reduzir o álcool a apenas dois drinques uma ou duas vezes por semana. As mulheres por sua vez podem beber moderadamente enquanto desejam engravidar, mas depois de conseguir devem deixar de beber mesmo que uma dose apenas.

Além disso, existem alguns estudos que acreditam que as mulheres que fumam esgotam os seus óvulos mais rapidamente que aquelas que não o fazem. O tabagismo altera a produção de estrogênio na mulher. O estrogênio em uma função muito importante na síntese do muco cervical que é essencial para auxiliar o esperma a chegar ao óvulo. Quando existe nicotina no muco cervical da mulher os espermas podem ser mortos.

Peso

A obesidade tem sido o grande problema de saúde moderno e também é uma questão que pode dificultar a gravidez. Manter o peso estável é importante para ter chances reais de gerar um bebê. Homens que está acima do peso tem um grau menor de testosterona, mulheres mesmo obesas ovula normalmente. Cuidado também com o estresse que é outro fator moderno que interfere.

DSTs

Algumas DSTs, como gonorréia e clamídia, por exemplo, quando não tratadas adequadamente podem aderir nas trompas, ovários e útero de forma a impedir que o esperma chegue ao óvulo da mulher. Pode ser ainda que o problema impeça que o embrião chegue ao útero e dessa forma aconteça a chamada gravidez tubária. Os homens também podem ter problemas por DSTs não tratadas, pode ser que haja obstrução no caminho do esperma ao óvulo.

Deixe um Comentário

comm comm comm