As Manchas da Gravidez

Postado por  //  7 de maio de 2015  //  Corpo  //  Nenhum Comentário

A gravidez é um dos momentos mais bonitos da vida de uma mulher, porém, nem tudo são flores nessa espera para conhecer o rostinho do seu bebê. Em geral perto do terceiro trimestre de gestação começam a aparecer manchas que não são nada bonitas. Essas manchas são escuras e amarronzadas e aparecem com mais frequência no rosto, braços e colo.

Imagem de Amostra do You Tube

Durante essa fase ainda pode acontecer o escurecimento dos mamilos e aparecer uma linha escura na barriga que é chamada de linha negra. Algumas mulheres ainda têm problemas com sardas e pintas. Nem toda gestante terá manchas, porém, entre 75% e 90% das grávidas passam por alterações pigmentares.

Os especialistas alertam que pode ser difícil eliminar essas manchas, porém, não é necessário entrar em pânico. Abaixo vamos explicar o que são e como aparecem essas manchas além de dicas para se ver livre delas durante e após a gravidez.

Manchas – Porque Elas Aparecem

A pele das gestantes fica mais suscetível a manchas devido aos estrógenos e progestágenos quem estimulam a melanogênese que é o processo de formação da melanina. Os hormônios estão em quantidade bastante elevada nas mulheres de forma que é comum acontecerem alterações pigmentares como o aparecimento de manchas e escurecimento dos mamilos.

Vale à pena ficar atenta, pois as manchas podem aparecer até três meses após dar a luz. As manchas que aparecem nessa fase são conhecidas como melasma ou cloasma e estão na categoria das manchas mais difíceis de tratar. O melanócito que foi alterado possui memória e toda vez que for estimulado irá produzir manchas.

Se as manchas estão na camada mais superficial da pele que é a epiderme são mais fáceis de eliminar. Contudo, se a mancha já tiver chegado a derme (camada mais profunda da pele) se torna mais complicado resolver. Nesses casos o que se pode fazer é um clareamento que não irá fazer a mancha desaparecer por completo.

Locais Onde as Manchas Costumam Aparecer

Os locais em que essas manchas aparecem com mais frequência são o rosto em especial na testa, lábio superior, nariz e bochechas. Entre 75% a 90% das gestantes passam por alterações pigmentares em locais variados. Algumas partes do corpo podem ainda escurecer como, por exemplo, o nariz, o fronte, face interna, axilas, períneo e parte interna das coxas como acontece com as cicatrizes.

Um dos distúrbios de pigmentação mais frequentes em gestantes é o do escurecimento da linha média abdominal que recebe o nome de linha negra. Os especialistas alertam que mulheres que tem a pele mais morena em mais chances de sofrer com as manchas da gravidez. Uma pele morena tem mais células (melanócitos) que podem ser atingidas e gerar a hiperpigmentação.

Prevenção

Cuidado com o Sol

A forma mais efetiva de evitar manchas durante a gestação é se proteger do sol, para isso use todo dia (mesmo que nublado) protetor solar contra raios UVA e UVB além de chapéus, bonés e afins. Faz bem tomar banho de sol durante a gestação, mas nos horários corretos para isso que são até as 10h e depois das 16h. Além disso, é importante lembrar que cada mulher tem um tipo de pele de forma que o fator de proteção e o protetor devem ser definidos pelo médico.

Anticoncepcionais

Outro fator que pode contribuir para o aparecimento de manchas é o uso de anticoncepcional. O uso de anticoncepcionais e tratamentos feitos com hormônios favorecem o aparecimento de melasma pelo fato de que estimulam a produção de melanina.

Tratamento de Manchas

O tratamento será escolhido pelo médico de acordo com o grau das manchas, ou seja, o quão escuras elas estão. Esse tratamento deve começar depois da amamentação e pode consistirem peelings, óleos e cremes, sessões de laser entre outros. Uma das possibilidades é acrescentar aos cremes de uso em casa uma substância clareadora.

Já os peelings e lasers devem ser feitos no consultório com CO2 fracionado com despigmentares. Existe ainda a possibilidade de fazer um tratamento com laser micropulsado semanalmente que ajuda bastante a clarear a pele e deixá-la mais clara.

Uma boa alternativa também é o Afa Peel que é um peeling de aminoácidos de frutas ácidas que pode ser feito em gestantes sem problemas para o bebê. Fazer uma associação de tratamentos complementares pode ser bastante positivo para conseguir um bom resultado.

Dicas Extras

Quem está sofrendo com as manchas deve evitar usar cera quente no local, isso porque pode acontecer a piora das manchas em especial na área de buço. Em geral as pacientes que tem manchas não se protegeram adequadamente depois de fazer a depilação principalmente do rosto o que causa a mancha chamada de melasma. Durante os dias mais quentes reaplique o protetor solar, pois quando suamos o primeiro local a perder a proteção é o buço.

Ácidos

Os ácidos são encontrados em geral sob a forma de creme, sérum, gel ou loção e quase sempre são indicados para uso noturno haja vista que podem ter resultados desastrosos em contato com o sol. O objetivo dos ácidos é promover uma renovação celular e assim estimular a produção de colágeno. Também facilitam a penetração de agentes clareadores na pele. Produtos com ácidos devem ser prescritos por um médico.

Clareadores

Se os produtos com ácidos são considerados medicamentos os clareadores estão no time dos cosméticos. Dentre esses produtos estão vitamina C ou ácido ascórbico, ácido kojico, arbutin, skin whitening complex entre outros. O hidroquinona é um clareador considerado como medicamento já que é mais potente.

Os clareadores podem ser usados durante o dia, alguns podem ser usados durante a gestação e o aleitamento, mas consulte seu médico.  Os clareadores são recomendados para o tratamento de melasma. Ressaltamos que a hidroquinona é proibida durante a gestação e amamentação.

Os resultados obtidos pelos produtos clareadores são graduais, ou seja, somente depois de algum tempo será possível observara redução das manchas. Tem casos em que se pode observar uma melhora significativa depois de um mês de uso, porém, outros casos que precisam de uns três meses ou mais.

Não adianta esperar que qualquer produto tenha uma ação milagrosa, pode levar um tempo até que as manchas fiquem mais claras ou sumam.

Deixe um Comentário

comm comm comm