Dicas para Evitar o Fim do Relacionamento

Postado por  //  9 de janeiro de 2014  //  Relacionamento  //  Nenhum Comentário

A realidade é que relacionamentos podem chegar ao fim e quase nunca vão ficar no “felizes para sempre”. Mas podem sim chegar ao casamento e longos anos de união, basta apenas fazer algumas coisas para evitar o fim. E ambos os lados possuem uma enorme lista de queixas que fazem o relacionamento finalizar muito antes do esperado.

Mentir por Besteiras

Ninguém suporta mentira e em qualquer nível. Basear o seu relacionamento em uma nuvem de inverdades acaba por deixar o outro inseguro sobre os fatos contados. Depois de um tempo começa-se a duvidar de tudo: se está mesmo na casa da mãe, se os amigos são do mesmo sexo na mesa de bar e se há uma emergência ou não se passa de uma desculpa esfarrapada para sair de novo com os amigos.

E mentiras encobrindo uma traição ou uma pequena paquera acabam estragando um dos laços mais fortes e necessários de um relacionamento: a confiança. Sem confiança, nem mesmo coleguismos duram.

Longos Períodos de Ausência

Imagem de Amostra do You Tube

Há quem suporte relação à distância, mas não são todos. O normal é um casal de namorados ter encontros ao menos semanais. Mais que isso a distância começa a incomodar, surge a carência e outras pessoas começam a ficar interessantes enquanto se está com laços distantes. Mas como fazer então? Tentar ao menos manter os laços próximos com ligações diárias, conversas em vídeos e eventuais ligações telefônicas durante o dia. Manter-se conectado com o parceiro, mesmo por vias eletrônicas, é crucial para a chama ficar acesa.

Ciumes Doentio

Ciumes é sim bonitinho e alguns homens e mulheres curtem até provocar os sentimentos de apego do outro. Quando eles reclamam de uma roupa curta ou quando elas reclamam que ele está “bonito demais”, eles até gostam. Mas quando a ciumeira sob de nível, todo mundo reclama.

É bacana estar com alguém ciumento, mas em níveis socialmente controláveis. Ligações constantes, cobranças de endereço de localização especificamente de onde se encontra não é algo bacana. Cansa e muita gente usa até mesmo motivos bestas e perde a paciência para finalizar o namoro. Poucos homens e mulheres conseguem chegar ao casamento com alguém tão possessivo.

Imagem de Amostra do You Tube

Brigas Bobas e Constantes

Ninguém quer casar com alguém e, ao entrar em casa, armar-se para uma zona de guerra. Parece besteira uma briga aqui e outra ali, mas é um saco ao longo das semanas precisar vestir armadura para entrar em casa. A maior parte das pessoas apenas desiste de se relacionar e finaliza o namoro por motivos bestas, ou nem passa do ‘ficante’.

Brigar por motivos sérios como esperar por horas sem resposta e furo de encontro tudo bem. Ou esquecer uma promessa e até mesmo o aniversário do parceiro. Mas brigar por que o copo está fora do lugar, por que ele ou ela demorou a atender o telefone em horário de trabalho e outros motivos bobos, cansa qualquer um, não?

Gabar-se Diante do Namorado por Ganhar Mais

A lei da vida é clara: homens não suportam ganhar menos que as mulheres. Para elas, é comum saber que ganham menos, mas eles simplesmente odeiam saber e serem lembrados que seu salário é menor e não dá para prover todas as necessidades dela. Quer finalizar seu relacionamento mais rapidamente? Comece a comentar o seu salário na frente dos amigos dele e parentes se for maior.

Como Evitar

Como Evitar

É a velha relação de homem como provedor da casa e mulher como sexo frágil e necessidade de ser protegida. No mundo capitalista de hoje, ganhar mais quer dizer conseguir pagar as contas e proteger sua mulher. Se fosse alguns milênios antes, estaríamos falando de um homem caçador buscando o jantar em casa. Como o dinheiro é a caça moderna, ganhar menos é um motivo de vergonha para eles.

Traição no Relacionamento

Há casos raros, mas os casais costumam não superar uma traição. Há questões sérias envolvidas com um terceiro na relação, como confiança, respeito e sentimentos traídos e a maior parte não consegue superar e voltar ao que era antes. Por isso vale a pena segurar as pontas.

Inatividade Sexual

Estamos na era do “sexo” casual, buscar satisfazer os desejos e ter uma relação tanto fora como debaixo dos lençóis. Ignorar isso é voltar algumas décadas, quando sexo antes do casamento tinha forte relação com a prostituição e o casal seria obrigado a casar se fosse descoberto só com roupa de baixo.

Dicas Dicas

Dicas Dicas

Hoje em dia desejo é feito para ser saciado e não dá para negar que namoro sem sexo é algo chato, sem graça e dar vasão ao desejo é crucial. Se você não quer fazer, tem quem queira. Se não for algo de religião e valores morais fortes que a dupla compartilhe junto, a relação está fadada ao fim antes mesmo da aliança chegar ao dedo direito.

Trabalhar Demais, Namorar de Menos

Você adoraria ver seu marido ou esposa no fim do dia ou ficar com o namorado nos fins de semana e feriado. Mas…ele está trabalhando. No começo é até aceitável e sobra mais tempo com seus amigos e familiares. Mas depois de alguns meses e até anos, fica chato procurar alguém para dar as mãos e não ter. Fica a sensação de abandono, algo errado e cansa um pouco namorar sozinho.

Uma entrega ao trabalho é bacana e até admirável, mas cansativa para quem está do outro lado do relacionamento. O melhor a fazer é ter horário para diversão e tempo para ficar com o companheiro. É mais saudável para e mente também.

Um dos Dois não Quer ter Filhos

Filho é um projeto à longo prazo e um sonho a ser nutrido por um longo período. Quando um dos dois não quer, fica complicado manter a relação e abrir mão de algo tão grande como a formação de uma família. Pode até dar certo no começo, mas a relação tende a não durar por muito mais que alguns anos.

Deixe um Comentário

comm comm comm