Como Evitar a Traição Financeira No Casamento

Postado por  //  11 de julho de 2013  //  Relacionamento  //  Nenhum Comentário

A infidelidade no casamento normalmente significa uma traição sexual, mas às vezes o engano pode se dar com o dinheiro de um dos cônjuges, isto é o que se chama infidelidade financeira.

Dado que sexo e dinheiro são os dois primeiros problemas pelos quais os casais brigam, esse tipo de traição pode ser definitivo para acabar com qualquer relação matrimonial.

.

Opinião de Psicoterapeutas de Casais

A crise econômica dos últimos três anos vem contribuindo para um aumento no número de casais que querem se separar devido às questões de infidelidade financeira.A traição financeira em um relacionamento pode minar a confiança, tão drasticamente como traição sexual, segundo especialistas.

O que os casais podem fazer quando a confiança é quebrada? Como os casais podem evitar que isso ocorra?

Formas de Prevenção da Traição Financeira

Como Evitar a Traição Financeira No Casamento

Como Evitar a Traição Financeira No Casamento

Você pode reduzir as chances que a traição aconteça em seu casamento por dinheiro, discutindo aberta e honestamente com seu cônjuge sobre as questões financeiras pertinentes ao casal.

Enquanto um adulto não deve ter de informar sobre cada pequena compra que fizer, os casais precisam ser transparentes sobre a renda e os gastos, principalmente da dívida de cartão de crédito, linhas de crédito e itens de luxo que adquirem para uso próprio.

Comece esses hábitos no início do relacionamento e tenha horários regulares para se reunir e discutir como seu amado sobre o dinheiro que vocês estão gastando. Para ter esse tipo de conversa não é necessário um momento especial: qualquer assunto pode levar a serem discutidas as questões financeiras de um casal.

Traição Financeira

Traição Financeira

Problemas Mais Profundos Decorrentes da Infidelidade Financeira

A decepção não é a doença, mas um sintoma de problemas mais profundos em um relacionamento, como por exemplo, a infidelidade financeira. No entanto, isso não significa que a outra pessoa seja também infiel na área sexual do casal.

Para se envolver em tais comportamentos é uma escolha. Qualquer confiança com o tempo pode ser quebrada, por isso é preciso tempo e trabalho duro para reconstruir a relação amorosa. A traição, muitas vezes, agiliza todo um processo, porque o interesse do relacionamento para ambos não foi mantido como prioridade.

Evite esses dissabores e conflitos em seu relacionamento amorosos, definindo regras básicas com seu parceiro sobre o que é aceitável e sobre o que não é.

Ao decidir que um casamento é gratificante ao longo de sua vida, sendo o que lhe norteia na vida, vai fazer com que seu relacionamento tem menos probabilidade de ser prejudicado.

Decepção Versus Diferenças

Imagem de Amostra do You Tube

Há uma enorme diferença entre um engano intencional, e uma decisão financeira que se sente como uma traição por causa de prioridades diferentes e níveis de conforto, ou a falta de comunicação.

Infidelidade financeira normalmente ocorre porque um dos parceiros em um relacionamento opta por não estar envolvido totalmente com o outro. Portanto, quando a quebra de confiança ocorre, ambos os cônjuges precisam verificar qual foi seu papel na contribuição para o problema.

Prevenir ou recuperar a partir desta situação requer um investimento de ambos, para serem mais honestos, e mais transparentes um com o outro.Absolutamente importantes são os limites que devem ser assumidos, os riscos e as diretrizes a serem tomadas em torno dos gastos do casal.

Ambas as pessoas precisam ter um conhecimento prático da situação financeira. Abdicando de seu papel neste processo o seu cônjuge estará na verdade dizendo: “Eu confio em você para fazer o que você acha que é melhor.” Essa é uma grande carga de responsabilidade em torno de somente uma pessoa da envolvida na relação.

O que é melhor certamente é uma questão de opinião pessoal sobre os assuntos financeiros na vida do casal.Portanto, se o seu cônjuge faz uma decisão financeira irresponsável, e você não quer se envolver realmente, você não deve ter espaço na relação para reclamar.

Mantendo Um Equilíbrio

Os dois temas tabu de qualquer relacionamento são com certeza, sexo e dinheiro. Esses dois assuntos se equiparam em poder e controle. Poucas coisas podem produzir ansiedade na relação, e muito menos levar ambos a egos inflados e questões de controle como essas duas questões de extrema importância na vida dos conjunges: A questão financeira e a sexual.

Criar intimidade financeira e sexual é a chave para evitar a infidelidade de qualquer tipo. Conversa, empenho e compromisso são os três componentes básicos para manter a infidelidade fora da relação. Os casais que trabalham juntos nesses ponto-chaves podem criar uma intimidade tanto financeira quanto sexual o que vai melhorar muito o relacionamento do casal e evitar infidelidades de ambos os tipos.

Imagem de Amostra do You Tube

Momento Certo de Agir

O que você deve fazer se você é o único culpado da infidelidade financeira?

O conhecimento do que você fez, deve fazê-lo identificar os danos causados ao relacionamento e traçar um plano para lidar com isso de uma forma positiva que restaure a relação conjugal. Esteja preparado para algumas ações de negatividade por parte de seu cônjuge, que, diga-se de passagem, serão bem naturais nesse caso.

Comunique que você aceita a responsabilidade da infidelidade financeira, e deseja trabalhar com seu cônjuge para fazer mudanças positivas, tais como desenvolver uma maior transparência na comunicação entre ambos, e fazer um orçamento baseado na realidade econômica do casal.

É preciso coragem para sobreviver a uma infidelidade financeira, mas os cônjuges podem obter ajuda de um profissional especializado em terapia de casais se precisarem.

Como Sobreviver a Uma Traição Financeira

Além das perdas financeiras, a crise emocional pode ser catastrófica para o casal. Esses sentimentos podem pesar tanto que você se torna incapacitante para resolver a situação e lidar com a questão.

A pessoa vai sempre pensar duas vezes antes de torna-se disposta a tomar novas medidas financeiras ou confiar em outras pessoas, principalmente em seus parceiros amorosos.

Então, Qual é a Solução?

Se a traição financeira estiver acontecendo agora, você tem que parar com ela imediatamente. Se alguém se aproveitou de você financeiramente, não lhe permita continuar a fazê-lo, pois muitos de nós damos ao infiel outra chance, e achamos que tudo vai dar certo da próxima vez.

Não caia nessa. Saia agora dessa situação e tente ser feliz com alguém que lhe respeite, e que não aproveite sua condição financeira para receber bens e depois colocá-los no nome dele. Quando uma pessoa ama a si mesma, dificilmente tem uma infidelidade seja ela emocional ou financeira.

Salete Dias

.

Deixe um Comentário

comm comm comm